Chat with us!

7 Criadores LGBTQIA+ para acompanhar o ano todo

Junho é o mês do orgulho LGBTQIA+. Nele, pessoas de todo o mundo comemoram as conquistas alcançadas, além de trazer visibilidade para os desafios enfrentados pela comunidade.

E é aqui que entram os criadores de conteúdo LGBTQIA+ trazendo temáticas diversas não apenas deste universo, mas da cultura em geral. 

Neste artigo você vai conhecer 7 criadores de conteúdo LGBTQIA+, suas temáticas e como as marcas bem posicionadas na causa podem trabalhar novos conteúdos em conjunto com eles durante todo o ano.

Parcerias além de junho

O mês de junho tem um significado memorável para a causa LGBTQIA+. Até 1969, a homossexualidade era considerada crime com pena de prisão perpétua em quase todos os estados norte-americanos. 

Ou seja, gays, lésbicas, bissexuais e travestis eram o maior alvo da polícia — apenas por serem eles mesmos e amarem quem desejam amar.

Porém, no dia 28 de junho deste mesmo ano, tudo mudou: a polícia foi até o bar Stonewall Inn para assediar e violentar pessoas gays quando encontrou grande resistência. 

Os policiais ficaram encurralados dentro do bar e o confronto que durou dias. O Movimento de Stonewall se tornou um momento histórico que marca o dia da resistência LGBTQIA+. 

Hoje, marcas que já se posicionam aproveitam para dedicar suas homenagens, criar ações publicitárias ou internas, com o intuito de conscientizar a sociedade e lutar contra o preconceito. Tudo isso em junho.

No entanto, é importante lembrar que as marcas devem pensar além da data. Que elas levem pessoas da comunidade LGBTQIA+ para discussões importantes o ano todo! 

7 criadores LGBTQIA+ para acompanhar o ano todo

Dentro do universo LGBTQIA+, seu papel como agência é encontrar criadores de conteúdo que possam fazer parte do discurso das marcas. 

Para ajudar você nesta missão, reuni uma lista com 7 criadores de conteúdo LGBTQIA+ para você começar a acompanhar.

1. Gabô Pantaleão

Gabô Pantaleão é criadora de conteúdo desde 2019. Lésbica assumida, a jovem alagoana de 28 anos iniciou sua trajetória no Instagram, reagindo a vídeos engraçados. Hoje, já soma quase 2 milhões de seguidores no Instagram, Twitter e TikTok.

Entre os formatos que mais performam bem em seus canais estão o estilo humor viral. Adepta de vídeos curtos, Gabô contagia a telinha com seu sotaque delicioso de ouvir. Ouvir a Gabô é receber um convite para a risada.

2. Bianca DellaFancy

Bianca é uma modelo, podcaster e criadora de conteúdo dragqueen. DellaFancy é uma extensão do artista Felipe de Souza. Como ela sempre deixa bem claro, ser drag não é uma orientação de gênero, por isso, afirma que é um homem gay cisgênero.

Longe de ser uma personagem, Bianca usa sua voz e imagem para defender minorias. Bianca cria conteúdos voltados à maquiagem, pergunta e respostas, e moda para mais de 1 milhão de pessoas no Instagram, Facebook, Twitter, YouTube e TikTok.

3. Samira Close

Diferente dos estereótipos da comunidade LGBTQIA+, Samira Close se intitula como uma garota gamer.

Em seus vídeos, ela transmite ao vivo, de segunda a sexta suas partidas em jogos de ação e aventura, sozinha ou com amigas. Assistir qualquer um de seus vídeos é garantia de diversão. 

Samira está presente nas principais redes sociais e tem até um fã clube no TikTok com os principais momentos de seus vídeos.

4. Wanessa Wolf

Wanessa Wolf é uma drag queen e stremer também do universo gamer. No YouTube desde 2017, Wanessa transmite suas jogadas online com bastante frequência e humor.

Apesar de ainda ser uma criadora de conteúdo relativamente pequena, ela tem mostrado um bom crescimento. Só para você ter uma ideia, suas visualizações aumentaram em 6,3% em relação a abril x maio e teve 5,4% mais likes no mesmo período. Sua irreverência fará com que ela cresça muito ainda!

5. Gabriela Loran

Gabriela Loran alcançou uma posição de destaque ao se tornar a primeira atriz transgênero da novela Malhação, da emissora Globo.

Ela, que também já viveu diversos personagens na TV e no cinema, já apresentou palestras no TEDx Talks por duas vezes.

Em seu canal, os conteúdos são voltados para falar de sua vida enquanto mulher trans. Gabriela faz com que suas redes sociais tragam mais humanidade para a vida da comunidade transgênero.

6. Jonas Maria

Jonas Maria é um homem trans, escritor e formado em Letras. Por passar a maior parte de seu tempo livre lendo e estudando, ele acabou trazendo esses estudos para o YouTube. 

No Instagram, ele traz dicas em formato de imagens ou discussões importantes sobre a comunidade LGBTQIA+ em vídeos curtos.

Geralmente, você vai encontrar reflexões sobre assuntos relacionados ao gênero, linguagens, transexualidade, corpo e tecnologia. 

7. Mandy Candy

Mandy Candy é uma mulher transgênero muito conhecida por seus cabelos cor de rosa. A barbiezinha do amor, como ela se autointitula, é uma criadora de conteúdo LGBTQIA+ que está no YouTube desde 2014, quando ainda pouco se falava desta temática. 

Mandy já respondeu dúvidas sobre sua transição, sobre relacionamentos e hoje foca em compartilhar seu dia a dia e fazer reviews de produtos.

No YouTube, ela tem 2,9 milhões de seguidores e 804 mil seguidores no Instagram. Agora, em seu próximo projeto, ela pretende criar um canal para compartilhar conteúdos com seu noivo.

Descubra novos criadores de conteúdo LGBTQIA+ 

Quando o assunto é criadores de conteúdo LGBTQIA+, é comum pensarmos em algumas figuras como Gil do Vigor, Pablo Vittar, Glória Groove, por exemplo. São figuras muito conhecidas em praticamente todas as esferas.

No entanto, existem muitos outros criadores que estão despontando nas mídias e merecem nossa atenção e toda a visibilidade que pudermos dar. Não apenas por serem LGBTQIA+, mas por criarem conteúdos genuínos e conseguirem causar impacto e identificação em sua audiência.

Junho vai chegar ao fim, mas a visibilidade pode continuar. Além desta lista, existem muitos outros que sua agência também pode trabalhar.

Agora chegou o momento de seguir esses criadores incríveis e acompanhar durante o ano todo.

Se quiser descobrir novos criadores, entender do universo de cada um e como sua audiência se comporta, basta solicitar uma demonstração do Winnin Insights.

demonstração da plataforma Winnin Insights

Receba nossos conteúdos!

Assine nossa newsletter e não
perca nenhum insight