Chat with us!

7 formatos de vídeo com maior engajamento nas redes sociais

86% dos brasileiros com acesso à internet assistem a vídeos, de acordo com dados do eMarketer. 

Ok, sabemos que uma estratégia criativa de conteúdo focada em vídeos tem tudo para dar certo. Mas qual é o formato de vídeo que realmente funciona? É isso o que você vai descobrir neste artigo. 

Como escolher o tipo de vídeo correto para sua estratégia

Antes de bater o martelo e definir qual será o formato de víde para o seu conteúdo, é preciso considerar alguns aspectos importantes:

1. Cultura

O primeiro passo é analisar os elementos da cultura onde seu público alvo está inserido. Quais são os dados demográficos que você tem acesso? O que esse público gosta de assistir nas suas páginas? Quais outros conteúdos ele consome? Tendo estas informações, fica mais fácil começar a pensar numa estratégia.

2. Marca

O segundo passo é analisar a marca e a mensagem que ela passa. Por exemplo, se os esportes radicais estão na essência da marca, é praticamente impossível falar também de sertanejo.

Essa análise da marca será um cruzamento entre o posicionamento dela e os principais interesses do seu público. É possível fazer isso usando o Winnin Insights.

3. Plataforma

O terceiro passo é entender em qual plataforma os elementos de marca e cultura fazem mais sentido.

Hoje, existem diversas plataformas de vídeo: YouTube, Facebook, Instagram, TikTok, Kwai, Twitch, e outras vão continuar surgindo.

Embora seja possível ter um feeling sobre os formatos de vídeos que podem trazer maior engajamento em cada rede, é melhor confiar nos dados. A ferramenta que desempenha um ótimo papel nesse processo é o Winnin Insights. 

💡Você também vai gostar de ler: 5 dicas para aumentar o engajamento dos seus vídeos.

4. Formato

Uma vez entendido sobre a cultura, marca e plataforma, é importante saber como envelopar esse conteúdo. Ou seja, como apresentar ao público. Aqui vão algumas opções:

  • Trailer
  • Podcast
  • Live
  • Shorts/Reels
  • News
  • Making of
  • Reaction
  • Trollagem
  • Entrevistas
  • Highlights
  • Tour
  • Tutorial
  • Challenge
  • Vlog
  • Paródia
  • Review e unboxing de produtos
  • ASMR
  • Compilado
  • Perguntas e respostas
  • Versus (exemplo: expectativa x realidade)
  • Mukbang (pessoas comendo uma quantidade excessiva de alimentos)

5. Influenciadores

Por fim, chegou o momento de definir quem são as pessoas que vão passar a mensagem da sua marca para o público.

Se você trabalha com criadores de conteúdo/influenciadores, já sabe como proceder. Além de analisar as métricas de sucesso, você também precisará entender se os conteúdos estão em sinergia com a sua marca.

Caso você não trabalhe com influenciadores, é importante pensar no personagem. Será que ele conversa com o público? Ou é só mais um daqueles que ninguém acredita que ele usa determinado produto?

Conheça, agora, 7 formatos de vídeo que vale a pena usar em seus próximos conteúdos.

7 formatos de vídeo com maior engajamento 

Quando se decide trabalhar uma estratégia criativa de vídeo, é preciso pensar não apenas no conteúdo, mas também no formato que ele vai ser distribuído. 

A primeira análise, com dados extraídos da plataforma Winnin Insigits, foi baseada no engajamento e tem como campeões os seguintes formatos:

1. Shorts e Reels

O mundo da comédia também foi o primeiro a adotar o YouTube Shorts. Lançado no final de 2020, o formato de microvídeos do YouTube se tornou uma ferramenta amplamente utilizada por criadores de conteúdo e comediantes que encaixam piadas e melhores momentos de outros vídeos em poucos segundos.

Em 2022, o YouTube Shorts já conseguiu ganhar relevância tanto na visão dos criadores de conteúdo quanto dos usuários da plataforma. Os microvídeos já passam de 30 bilhões de visualizações diariamente.

Em uma pesquisa da Wyzowl, 76% das empresas declararam que os reels ajudaram a aumentar o tráfego orgânico na internet. 

Sendo assim, não dá para negar que vídeos curtos têm surtido efeito: a categoria leva vantagem não apenas no engajamento (736.3k) — considerando comentários, curtidas e compartilhamentos —, mas também em números de visualizações (média de 11,9 milhões em média)

Melhor dia para postar: Segunda-feira

Tempo recomendado: 34s a 58s

Audiência primária: Homens e mulheres entre 25-34 anos

Audiência secundária: Homens e mulheres entre 18-24 anos

2. Challenge

Os challenges, também conhecidos como desafios fazem parte de uma categoria de vídeos que vem crescendo nas redes sociais.

A premissa básica deste tipo de vídeo é se desafiar ou aceitar o desafio de outras pessoas a performar alguma ação inusitada. 

A prática já existe há algum tempo, mas foi na pandemia que ganhou notoriedade. Hoje, é possível encontrar challenges no YouTube, Facebook, Instagram e TikTok. O engajamento por vídeo já beira os 90.6k.

Melhor dia para postar: Sábado

Tempo recomendado: 55s a 14min

Audiência primária: Mulheres entre 18-24 anos

Audiência secundária: Homens e mulheres entre 25-34 anos

Aprenda mais sobre como engajar comunidades através de vídeos assistindo ao bate papo com a Beatriz Bottesi.

3. Podcast

Os podcasts, uma versão de programas de rádio, porém no digital, começou a ganhar força em 2020. Mas foi em 2021 que conseguiu alcançar um bom ritmo. De acordo com a retrospetiva do Spotify, 1,2 milhão de novos podcasts foram publicados na plataforma.

E todo esse crescimento aconteceu não apenas no Spotify, mas também no YouTube. Hoje, alguns dos maiores podcasts são Flow Podcast e POD DELAS.

O engajamento médio por vídeo é de 97.6k — considerando comentários, curtidas e compartilhamentos.

Melhor dia para postar: Sexta-feira

Tempo recomendado: 6min a 28min

Audiência primária: Homens e mulheres entre 25-34 anos

Audiência secundária: Homens e mulheres entre 18-24 anos

4. Paródias

Com letras cômicas e irreverentes, as paródias fazem tanto sucesso porque tem como base músicas em ascensão.

Dentro deste contexto, um canal do YouTube que cresceu foi o FutParódias, que juntou duas paixões nacionais: o futebol e a música. 

Outro canal de destaque nos últimos 3 meses (Fev-Abr-2022) é o Dentista Musical, que já tem vídeos com 6 milhões de visualizações.

Em média, as paródias têm 63.9k de engajamento e, pelo menos uma média de 2.1 milhões de visualizações.

Melhor dia para postar: Sexta-feira

Tempo recomendado: 55s a 4min

Audiência primária: Homens entre 25-34 anos

Audiência secundária: Mulheres entre 18-24 anos

5. Tutoriais

De acordo com a YouTube Vibes, pesquisa realizada pela Google, 7 em cada 10 consumidores dizem que usam a plataforma para descobrir coisas novas. Por isso, os tutoriais fazem têm alto engajamento nas redes sociais.

Os tutoriais reúnem conteúdos voltados para diferentes propósitos: educação, entretenimento, DYI (do it yourself), receitas, testes etc. Os vídeos podem ir desde como construir uma casa até como tirar a gordura de uma calça.

O engajamento médio por vídeo é de 75.4k — considerando comentários, curtidas e compartilhamentos.

Melhor dia para postar: Domingo

Tempo recomendado: 9min a 22min

Audiência primária: Homens e mulheres entre 25-34 anos

Audiência secundária: Homens e mulheres entre 18-24 anos

Todos os dados apresentados são de análises feitas dentro de, no máximo, três meses.

6. Trollagem

As trollagens, também conhecidas como pegadinhas são um formato de vídeo que está dominando as redes.

Neles, as pessoas fazem brincadeiras de todos os níveis: desde enganar uma criança sobre uma situação real ou até mesmo pessoas que não fazem parte dos vídeos.

Embora o conteúdo seja basicamente com a finalidade de entretenimento, é possível adaptar, dependendo do público, e até falar de assuntos mais sérios.

O engajamento médio por vídeo é de 82.9k — considerando comentários, curtidas e compartilhamentos.

Melhor dia para postar: Quarta-feira

Tempo recomendado: 8min a 14min

Audiência primária: Mulheres entre 18-24 anos e entre 25-34 anos

Audiência secundária: Homens, entre 18-24 anos e entre 25-34 anos

7. Highlights

Os highlights, também conhecidos como cortes, são vídeos onde os melhores momentos de uma obra são mostrados. Inclusive, existem criadores com um canal feito apenas de highlights de seus conteúdos.

A estratégia por trás pode dizer muita coisa: 

  • Incentivar os seguidores a assistirem o vídeo completo
  • Levar as pessoas para outros canais
  • Abraçar uma audiência que não tem muito tempo de assistir vídeos mais longos

O engajamento médio por vídeo é de 97.6k — considerando comentários, curtidas e compartilhamentos.

Melhor dia para postar: Domingo

Tempo recomendado: 3min a 9min

Audiência primária: Homens e mulheres entre 25-34 anos

Audiência secundária: Homens e mulheres entre 18-24 anos

Que tal testar um novo formato de vídeo com sua audiência?

Como você pode notar, opções de formatos de vídeo não faltam. Porém, por mais opções que você tenha, é preciso que elas façam sentido para o seu público.

Outro fato que precisa ser considerado é o uso dos dados durante a escolha dos formatos. Não dos dados de planilhas gigantescas, mas de ferramentas feitas para pessoas criativas. Ou seja, de ferramentas práticas do dia a dia.

Sendo assim, não dá para fechar esse artigo sem falar do Winnin Insights e de como ele pode ajudar na escolha dos formatos adequados. E não apenas isso.

Sabe aquela dificuldade de entender o que sua audiência curte? O que está influenciando seu público? Quais são assuntos que têm conexão com sua marca e audiência? Ou até mesmo quais conteúdos performam melhor em cada rede?

Com o Winnin Insights, essa dor de cabeça não é mais sua.

Que tal solicitar uma demo?

Receba nossos conteúdos!

Assine nossa newsletter e não
perca nenhum insight